Mudança de ares

As coisas mudam, às vezes muito mais rápido do que a gente pensa. Nos últimos sete anos eu me vi trabalhando num emprego que mal e mal pagava minhas contas e ainda me deixava muito infeliz. Não que eu não gostasse das pessoas ao meu redor — ao contrário, fiz boas amizades lá e tive a sorte de ter chefes cujos exemplos de gestão vou guardar como referência para o resto da vida. Mas lá eu era infeliz, porque eu não tinha a oportunidade de crescer – nem como profissional, nem como pensador. Eu estava estagnado.

Então, no ano passado eu tomei uma decisão radical – muitos diriam temerária – e pedi demissão.

Não foi na loucura, claro. Preparei o terreno por seis ou sete meses antes. Fiz um curso, ampliei minha rede de contatos e hoje eu vivo como tradutor profissional freelancer. Trabalhar por conta própria é sempre um risco, mas estou já a nove meses vivendo assim e não tive motivo para me arrepender.

Ora, mas o que é que tradução freelance tem a ver com a física, minha área de formação? E com este blog? Bem, nada… e tudo.

Quando eu estava no meu emprego anterior, sentia minha mente embotada pela constante pressão burocrática. A tradução me libertou nesse sentido, deixando que eu tivesse tempo para pensar, ler, imaginar… e agora, escrever. Eu ainda não sei se vale a pena tentar insistir num Mestrado em física (tenho uma boa chance semana que vem), mas o fato é que a vida definitivamente mudou para melhor. E com a mudança de ares, vem também a limpeza deste meu velho e empoeirado Telhado de Vidro. Eu tenho muitas novidades para contar. Aguardem!

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: