Os maias, parte II

Blogagem coletiva Fim do Mundo

É verdade que o assunto ainda está morno, em grande parte, suspeito, porque estamos em ritmo de Carnaval. Mais para o final do ano, talvez depois das eleições municipais, provavelmente vamos ouvir um monte sobre o apocalipse previsto pelos maias.

Aqui n’O Telhado já tratamos disso em 2009. Só para relembrar: o sistema de contagem de tempo dos maias é cíclico e o calendário deles dá uma grande virada mais ou menos a cada 5125 anos. Estamos bem perto de uma dessas viradas, o que vem deixando os esotéricos em estado de atenção máxima.

Mas o que significa em termos práticos? O mundo corre mesmo algum risco?

É claro que não.

Viradas de calendário, como a que aconteceu de 1999 para 2000 podem ser infrequentes, mas nem por isso possuem alguma relevância para além de mera curiosidade cultural. No caso dos maias é ainda mais estranho que essa celeuma toda esteja sendo criada. Os mitos de criação mesoamericanos colocam a criação deste mundo em 3114 AEC, que foi a última vez que o calendário maia zerou, então os místicos modernos concluíram que alguma coisa vai acontecer em dezembro de 2012 – alguma coisa de relevância espiritual global.

O que essa alguma coisa é depende do místico em questão, claro. Fala-se um bocado sobre catástrofes como terremotos e vulcões (como se não ocorressem o tempo todo), sobre um “alinhamento com um eixo galáctico”, que eu não sei bem o que é (e nem os próprios proponentes da ideia parecem saber), ou sobre um renascimento espiritual ao redor do mundo. Bem, só em 2011 já sobrevivemos a duas previsões sobre a volta de Cristo e o fim do mundo, umas duas ou três “aberturas de portais galácticos” (por conta de datas bonitinhas como 11/11/11), entre outras esquisitices. Acho que estamos bem preparados em matéria de sobreviver ao fim dos tempos, portanto vou deixar aqui a minha previsão: em 2013 o mundo vai continuar girando, as pessoas continuarão sendo boas ou más, tragédias e alegrias seguirão acontecendo e a vida seguirá em frente como tem feito desde a última virada do calendário.

Tags: , ,

Uma resposta to “Os maias, parte II”

  1. 2012: O Último Carnaval? | Raio-X Says:

    […] Bezerra fala sobre a mudança de calendário maia no Telhado de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: