Papo de maluco

Os diálogos a seguir aconteceram quase do mesmo jeito que está escrito:

Eu: “A Relatividade mostra como a o tempo pode ser encarado como uma quarta dimensão parecida com as três dimensões espaciais.”

Cético: “Não acredito nisso. Como se pode provar tal coisa?”

Eu: “Bem, todos os laboratórios do mundo observam efeitos de dilatação temporal todos os dias. Além disso existem muitos outros efeitos astronômicos e cotidianos que só podem ser explicados se a Relatividade estiver certa e…”

Cético: “Bobagem, não acredito em nada disso. Pra mim o tempo é absoluto.”

Eu: “…”

Tempos depois:

Eu: “Não acredito em coisas como Astrologia ou Homeopatia. Você pode me mostrar como tais coisas poderiam funcionar?”

‘Cético’: “VOCÊ é que não quer ver! Você tem a mente fechada e não percebe o mundo mais sutil ao seu redor!”

Eu: “Tá bom, então…”

Moral da história
Mantenha a mente aberta, mas não tanto a ponto de deixar seu cérebro escorrer pra fora.

Tags: ,

Uma resposta to “Papo de maluco”

  1. Luiz Felipe Vasques Says:

    Mente aberta, cabeça oca, ué? Normal! :D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: