As melhores do ENEM

Todo ano é comum rodarem dezenas de e-mails com supostas pérolas do vestibular — respostas idiotas de estudantes idem em questões discursivas para os concursos das universidades mais disputadas do país. A mais nova modalidade são “as melhores do ENEM”, o que é curioso, já que o ENEM é uma prova de múltipla escolha. Seja como for, a maior piada de mau gosto não são as atrocidades que os estudantes escrevem na prova e sim a própria prova — ou antes, a desorganização da mesma.

O ENEM, sigla para Exame Nacional do Ensino Médio, foi criado em 98 pelo MEC como forma de avaliar o desempenho dos alunos do Ensino Médio em todo o país e auxiliar no diagnóstico das deficiências em educação em todas as regiões. Somente a partir de 2009 o Exame foi reestruturado para servir como uma alternativa aos vestibulares tradicionais. No papel a ideia é ótima: 180 questões objetivas mais uma redação, divididas em dois dias de prova, e a nota do Exame pode ser utilizada como critério de ingresso em qualquer universidade que decida fazê-lo. As provas seguem a cartilha dos Parâmetros Curriculares Nacionais, o que significa que há muita interdisciplinaridade de uma questão para outra. Eu mesmo não gosto muito do que o PCN entende por “interdisciplinaridade”, mas isso é outra questão.

O problema é que desde o ano passado o ENEM está sofrendo com uma série de falhas, uma mais grotesca do que outra. De quem é a responsabilidade? Do MEC do Ministro Fernando Haddad? Do INEP, que tem um ano para elaborar as provas e emite declarações estapafúrdias depois que dá problema nos exames? Ou da gráfica, que é escolhida pelo menor preço? A jornalista Lucia Hippolito comentou esta manhã que o problema com o ENEM é o excesso de burocracia em Brasília aliado a uma certa megalomania de querer abarcar todo o sistema de ingresso ao Ensino Superior numa única prova com um país desse tamanho. Tais problemas impedem que o ENEM tenha aceitação em algumas das escolas superiores mais prestigiosas do país. Por isso mesmo há quem imagine esquemas mirabolantes para torpedear a iniciativa, mas a hipótese de Lucia Hippolito me parece mais próxima da verdade: numa operação deste tamanho, há muitos elos fracos a serem explorados, e muita margem para a incompetência alheia aparecerem.

Eu espero que seja apenas incompetência e não algum malfeito intencional, mas como diz o corolário à Lei de Clarke, “incompetência suficientemente avançada é indistinguível de malícia.”

ADENDO:

ENEM tanto ao mar, ENEM tanto à terra. Não acredito que haja uma burocracia tão irrevogavelmente mastodôntica assim à direita, nem que haja conspirações para desacreditar o exame à esquerda. São dois pontos centrais aqui:

1 – que o INEP tenha se mostrado incapaz de gerenciar as crises sucessivas do ENEM, chegando mesmo a dar declarações atrapalhadas dando a entender que iam punir alunos que estariam reclamando da prova no twitter;

2 – que o novo ENEM esteja com o foco “embaçado”, querendo abarcar coisas demais debaixo da mesma rubrica: avaliação de ensino médio, ingresso para universidades e outras coisas, como bem apontou Maria Luiza Abaurre, uma ex-assessora do INEP em entrevista à Carta Capital.

As análises da imprensa deveriam se centrar mais nesses dois pontos.

Tags: , ,

3 Respostas to “As melhores do ENEM”

  1. Rafael Bezerra Says:

    Antes de comentar de verdade, uma correção – 2º parágrafo, 5ª linha:
    “2009 o Exame foi foi reestruturado”

  2. Tweets that mention As melhores do ENEM « O Telhado de Vidro -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by Daniel Bezerra, Daniel Bezerra. Daniel Bezerra said: N'O Telhado: As melhores do ENEM http://wp.me/pvNBI-7E […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: