Primavera

Hoje às 18h18 (hora de Brasília) começa a Primavera. Às vezes as pessoas me perguntam como é possível determinar o começo exato de uma estação. Afinal, se a Primavera é quando as árvores começam a florir, ou quando as cigarras começam a cantar, será que ela não começa em dias diferentes?

Não sei sobre flores e cigarras, a não ser que esses dependem mais de fatores climáticos. Mas a determinação do tempo das estações vem, é claro, da Astronomia!

Como se sabe, a Terra tem dois movimentos principais. O de rotação, de período de 24 horas, que é o responsável por termos dias e noites; e o de translação, no qual a Terra gira em torno do sol ao longo de um ano. A translação define o plano da órbita do nosso planeta, o qual recebe o nome de eclíptica.

Observando do solo, o céu parece uma esfera que cobre nossas cabeças. É possível estender esse plano da eclíptica até essa esfera imaginária e obter uma linha – a linha da eclíptica – que cruza o céu.

Sabe-se também que o eixo de rotação da Terra é inclinado em cerca de 23º26′ em relação ao plano da eclíptica. Podemos definir, então, uma outra linha imaginária chamada de equador celeste, que é simplesmente a projeção da nossa linha do Equador até a esfera celeste. Vejam na figura abaixo, cortesia da Wikipedia:

O equador celeste é a linha branca e a eclíptica é a linha vermelha

O equador celeste é a linha branca e a eclíptica é a linha vermelha

Ora, acontece que a linha da eclíptica também define o caminho pelo qual o sol aparenta se deslocar ao longo do ano entre dias consecutivos à mesma hora. Ou seja, se medirmos a posição do sol no céu ao longo de várias semanas sempre à mesma hora veremos que a posição dele varia, percorrendo a linha da eclíptica! Em metade do ano vemos o sol ficar gradativamente mais baixo no céu, enquanto na outra metade o sol fica gradativamente mais alto. Em dois momentos no ano a linha da eclíptica cruza a linha do equador celeste – exatamente no meio dos períodos de máxima e mínima altura do sol. Quando essa intersecção acontece temos um Equinócio, palavra latina que significa “noite igual”. Isso porque durante os Equinócios a duração do dia e da noite é mais ou menos a mesma para o mundo inteiro (embora o mais correto é dizer que a noite tem a mesma duração para latitudes +L e -L ao norte e ao sul, respectivamente. Mas isso é detalhe).

No Hemisfério Sul o Equinócio de Setembro define a entrada da Primavera. Às 18h18 de hoje o sol vai cruzar o equador celeste e depois vai ficar cada vez mais alto no céu até atingir o ápice em 21 de dezembro, quando então vai voltar a baixar.

Daqui a três meses eu volto a falar das estações e um pouco mais sobre coordenadas celestes. Até lá, então, e vamos curtir a floração dos ipês pela cidade!

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: